Copa do Brasil 3ª Fase (volta) – Avaí 1 x 0 Fluminense 15/03/18

A equipe do Fluminense entrou em campo sabendo que precisaria fazer pelo menos 2 gols de diferença sobre o Avaí e sabia que não seria uma tarefa fácil, já que jogar na Ressacada não é nada fácil.

1° Tempo:

O Flu que precisava diminuir a vantagem do Avaí teria que entrar no jogo de forma mais ofensiva e foi isso o que aconteceu. O time de Abel braga explorava bastante as laterais do campo já que seus jogadores que atuam naquela faixa vivem um bom momento. Porém, as investidas feitas pelo Fluminense não eram concretizadas com gol, isso se deu graças ao forte esquema defensivo pensado por Claudinei Oliveira.

Foram raras as chances que o Fluminense teve de marcar e uma delas foi com o centroavante Pedro, que acertou o travessão do goleiro Aranha.

Pode se dizer que foi um bom primeiro tempo, pois as duas equipes buscavam o jogo, mesmo com a vantagem o Avaí não se preocupou em apenas se defender, mas também em ampliar sua vantagem sobre o adversário, sendo assim, transformando o jogo num jogo disputado.

2° Tempo:

O início da segunda etapa foi similar a primeira, o Flu pressionava para marcar e o Avaí se defendia e tentava surpreender nos contra-ataques. Na segunda etapa o Fluminense criou mais chances do que criou na primeira, estava realmente próximo de um gol e para a sua felicidade e de seus torcedores contou com a infantilidade de Getúlio que após ser marcado o impedimento deu um chute para longe e recebeu o cartão amarelo, como já tinha levado um cartão acabou sendo expulso do jogo, faltando um pouco menos de 30 minutos para o fim da partida.

Percebendo a fragilidade defensiva do Avaí, Abel Braga fez mudanças ofensivas para a sua equipe. Aos 23 minutos tirou Richard e colocou Dudu. Mesmo com a vantagem numérica o time de Abel não conseguiu marcar e 7 minutos após ter entrado, Dudu foi expulso, já que o juiz interpretou que sua entrada ao jogador adversário foi ilegal, o jogador não tinha amarelo.

Agora igualados em números de jogadores em campo, Claudinei Oliveira não quis apenas se defender e optou por colocar mais um centroavante em campo, mesmo com a vantagem o Avaí ia para cima do Fluminense e em uma dessas descidas ofensivas do Avaí, João Paulo cruzou pela esquerda e Lourenço 5 minutos após ter entrado, cabeceou no canto do goleiro e abriu o placar para o Avaí.

Fluminense precisaria de 3 gols agora para sair com a classificação, porém não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol, e o Avaí se defendia muito bem complicando muito a vida do tricolor. E desse jeito, o juiz deu fim ao jogo e o Avaí se classificou para a 4ª fase da Copa do Brasil.

Resumo:

O Fluminense que precisava de dois gols para se classificar não conseguiu criar oportunidades claras para ganhar o jogo, o sistema de criação de jogadas não estava num bom dia, enquanto o Avaí mesmo com a vantagem não se acomodou e partiu para cima, porém não deixava de se defender.

Na minha opinião o Avaí mereceu a vitória por não se esconder do jogo, mesmo sabendo que um empate levaria-los para a 4ª fase não teve medo de arriscar e isso lhe rendeu um gol, sacramentando a classificação sobre o Fluminense.

João Vitor Campos

Sou estudante de jornalismo e faço estágio na Universidade Candido Mendes. Sou fundador do Por Dentro do Gol, colaborador do site Torcedores.com e já tive uma passagem na Web Rádio Top Sports.