Gol aos 90

O Brasil não correspondeu o que se era esperado. Até o momento do primeiro gol do time, o clima para os torcedores era de apreensão. A seleção esteve longe de fazer uma boa partida nesta sexta (22). Ao encontrar pela frente uma seleção relativamente fraca, mas que se defendia bem, a penta campeã mundial apresentou dificuldades quando o assunto se tratava de criações de jogadas.

Com seus principais jogadores apagados, Tite viu uma esperança no banco. Na volta para segundo tempo, Willian que não apresentou o futebol que lhe rendeu o lugar de titular da seleção, deu lugar a Douglas Costa. A entrada do meia-esquerda que joga na Juventus, mudou completamente o estilo de jogo do Brasil.

Por meios de dribles e jogadas rápidas, Douglas Costa foi quem achou mais espaços entre a forte defesa costa-riquenha. Na segunda etapa, o Brasil veio disposto a ganhar custe o que custar. Esse pensamento foi demonstrado por Tite, quando substituiu o meia Paulinho, que estava sumido na partida e colocou Roberto Firmino para jogo. A entrada de Firmino foi essencial para o primeiro gol do jogo. Foi ele quem ajeitou a bola de cabeça para Jesus tocar para Coutinho marcar o primeiro gol do Brasil aos 46 do segundo tempo.

Se vendo atrás do placar e faltando poucos minutos para o fim da partida, era necessário que a Costa Rica saísse para o ataque, caso quisesse sonhar com uma vaga nas oitavas. Consequentemente, abriu espaços e o Brasil, contou com a velocidade de Douglas Costa, que saiu de frente para o goleiro e precisou apenas de um toque para encontrar o Neymar de cara pro gol e marcar o segundo da seleção aos 52 da segunda etapa.

Apesar do placar de 2 gols de diferença, a seleção não convenceu. Neymar após o jogo, recebeu duras criticas de diversos comentaristas, após um pênalti ser anulado por sua famosa “cena”. Brasil agora com 4 pontos, precisará da vitória para alcançar o primeiro lugar do Grupo E.

Vale ressaltar, que essa partida foi bastante importante para os reservas que participaram, principalmente para Fágner e Douglas Costa. Ambos atuaram bem e demonstraram que podem ser titular nesta seleção.

João Vitor Campos

Sou estudante de jornalismo e faço estágio na Universidade Candido Mendes. Sou fundador do Por Dentro do Gol, colaborador do site Torcedores.com e já tive uma passagem na Web Rádio Top Sports.