Vasco vence Flu e leva a Taça Guanabara. Torcida que estava proibida de entrar, entrou

Danilo Barcelos fez o gol do Vasco da Gama. Torcida foi permitida a entrar no estádio aos 35 da primeira etapa

O Vasco venceu o Fluminense por 1 a 0 e foi o campeão da Taça Guanabara 2019 no Maracanã. Danilo Barcelos foi o autor do único gol da partida, após cobrança de falta. A expectativa pelo jogo era grande por se tratar de uma final. E aumentou ainda mais por conta da disputa entre as duas equipes pelo lado Sul do Maracanã, que ocasionou quase um primeiro tempo inteiro de portões fechados, já que depois de 35 minutos do início do jogo a torcida foi permitida a entrar no estádio.

Lado sul no início do jogo

O confronto entre as duas equipes começou antes mesmo da bola rolar. Ao invés de brigarem por bola no gol, Vasco e Fluminense disputaram o lado Sul do Maracanã. Vasco, mandante do jogo, questionou a federação e o Maracanã se o mandante poderia escolher o lado, ambos disseram sim. Fluminense, por sua vez, se defendia pelo contrato que fechou em 2013 com o consórcio do Maracanã, dando o direito da equipe Tricolor utilizar o lado Sul.

Por conta da tremenda confusão que gerou em torno deste assunto, a Justiça determinou que a partida ocorresse com os portões fechados já que para a desembargadora, Lúcia Helena do Passo, que estava avaliando o caso, havia um risco de conflito entre as torcidas e condenou a postura dos dirigentes, para ela, eles incitaram a violência entre as torcidas. Determinou também que o valor dos ingressos pagos pelos torcedores deveria ser devolvido. Mas por volta dos 35 minutos da primeira etapa, a justiça liberou a entrada dos torcedores no estádio.

Lado Sul no segundo tempo

Com a bola rolando, o Fluminense optou por trocar bastantes passes, trabalhava bastante a bola de um lado para o outro, mas não encontrou espaços na defesa Cruzmaltina. Já o Vasco da Gama, procurou jogar no contra-ataque, mas também teve pouco espaço para marcar. Foi um primeiro tempo morno e com poucas chances de gol.

Na segunda etapa, a atmosfera do jogo mudou. A torcida vascaína que era maioria no estádio, apoiava bastante a equipe, e a postura do Vasco dentro de campo foi diferente da que do primeiro tempo. O time de Valentim estava mais ofensivo e adiantou a sua marcação. O Fluminense manteve seu estilo, trabalhando bem a bola tentado achar algum espaço, até que encontrou Luciano livre dentro da área, mas o camisa 18 desperdiçou a chance que teve. Fluminense jogou melhor, mas não teve efetividade. Já o Vasco, embalado pela torcida, marcou numa das poucas chances que teve durante o jogo. Danilo Barcelos fez o único gol da partida, após cobrança de falta pelo lado direito aos 36 da segunda etapa.

Danilo Barcelos comemora gol com sua torcida

Com a vitória, o Vasco conquistou seu 13º título da Taça Guanabara. A equipe Cruzmaltina voltará em campo nesta próxima quarta-feira (20) pela segunda fase da Copa do Brasil, enfrentará o Serra (ES) ás 21:30, já o Fluminense entrará m campo na sexta-feira (22) contra o Bangu em Moça Bonita ás 21:00 pela Taça Rio.

Créditos: Globoesporte.com / Felipe Siqueira

João Vitor Campos

Sou estudante de jornalismo e faço estágio na Universidade Candido Mendes. Sou fundador do Por Dentro do Gol, colaborador do site Torcedores.com e já tive uma passagem na Web Rádio Top Sports.