Bruno Henrique não digeriu derrota para o Galo, mas já projeta jogo contra o Furacão

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O elenco do Flamengo se reapresentou ao Ninho do Urubu na manhã desta terça-feira (21). Antes da sessão de treinos, Bruno Henrique foi o escolhido para conceder entrevista coletiva à imprensa. O atacante lamentou a derrota para o Galo na quinta rodada e exaltou a semana cheia de treinamentos que estar por vir antes do duelo contra o Athlético Paranaense.

A derrota no Horto ainda ecoa no rubro-negro. O atacante deixou claro que o elenco não ficou satisfeito em ser superior em todo o segundo tempo e mesmo com um a mais não conseguir vencer.

“Todo mundo saiu bem chateado e puto do jogo pela partida que fizemos. Acho que eu, particularmente, ainda não consegui digerir a derrota, mas todos sabem que jogar no Independência é sempre difícil. Eles conseguiram achar o gol no primeiro minuto do segundo tempo e fizeram linhas que dificultaram bastante a nossa entrada.”

Apesar do Flamengo estar na nona colocação, o jogador não encara isso como um momento ruim e não acredita que a cobrança seja exagerada. Afinal, ele sabe que o torcedor, de qualquer equipe, quer sempre ver seu time vencer.

“Eu costumo dizer que em 365 dias no ano, ninguém passa todos os dias no ano bem. Eu vejo aqui no clube que nós sempre damos o nosso melhor. Nós sempre entramos pra vencer todos os jogos, sabendo que hoje em dia o futebol tá muito parelho e as dificuldades tem em todos os lugares, não só aqui no Flamengo.”

Bruno Henrique, que é o artilheiro do Flamengo na temporada com 12 gols, rechaçou qualquer especulação sobre uma transferência e disse que o foco é trabalhar e estudar o próximo adversário. Voltar a conquistar três pontos no Brasileiro é uma meta para a equipe que vai jogar diante de sua torcida no Maracanã.

“Vamos ter uma semana cheia para poder trabalhar. Isso é importante porque aqui no Brasil a gente joga jogo atrás de jogo. Vamos poder trabalhar e estudar muito a equipe do Athlético. Todos sabem que jogar aqui no Maracanã, eu já joguei contra, com o apoio da torcida é muito difícil. Nós temos esse fator.”

O Flamengo treina todos os dias até sábado e no domingo (26) recebe o Furacão, no Maracanã, às 16h, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Ivaldo Lobato

Sou estudante de jornalismo e comecei minha trajetória no radiojornalismo em 2017, quando fui repórter da rádio Top Rio Fm e da webrádio Rede Show de Bola, onde eu acompanhava o dia a dia dos quatro grandes do Rio e fazia a cobertura das partidas. Hoje em dia, sou estagiário na assessoria de imprensa do TCE-RJ e dedico o tempo livre que tenho ao que mais gosto: futebol.

Escreva um comentário...