Vasco repete pior início de Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos

O Vasco repetiu o seu pior início de Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos. Nas cinco primeiras rodadas, o Gigante da Colina só somou dois pontos até aqui e igualou a campanha de 2004, quando o time também acumulou dois empates e três derrotas. Nem nos anos em que o cruzmaltino foi rebaixado para a Série B o começo foi tão ruim. Atualmente o Vasco ocupa a lanterna da competição, fato que em 2004 não ocorreu (naquela edição o torneio era composto por 24 participantes).

Em 2019, o ataque vascaíno enfrenta dificuldades para ser efetivo. Os chutes dos jogadores do Vasco só balançaram as redes adversárias quatro vezes. Para efeito de comparação, nas primeiras cinco rodadas da história dos pontos corridos, o ataque do clube de São Januário só foi pior nos anos 2004, com dois gols, e 2015, com um gol. A defesa vascaína também não está em um início de torneio inspirado. A meta vascaína já foi vazada 11 vezes, de forma que só fica a frente das campanhas de 2003, na qual sofreu 15 gols, e de 2017, quando por 14 vezes teve que buscar a bola no fundo das redes.

Até mesmo nas vezes que terminou a competição entre os quatro últimos colocados, sendo rebaixado para segunda divisão, o Vasco pontuou mais que na atual edição. Em 2008 e 2013, a equipe somou sete pontos nas cinco primeiras rodadas, enquanto que em 2015 a campanha começou um pouco mais próxima da atual, com apenas três pontos.

O Vasco até começou a temporada com o pé direito e foi o último carioca a perder a invencibilidade no ano. Conseguiu ótima campanha na Taça Guanabara e se sagrou campeão. No entanto, na final do Campeonato Carioca foi derrotado pelo Flamengo nas duas partidas. Pela Copa do Brasil, o Gigante da Colina foi eliminado pelo Santos na quarta fase, antes mesmo das equipes que disputam a Libertadores entrarem na competição.  Agora, o time só tem compromissos pelo Campeonato Brasileiro e não tem a desculpa que grande parte dos times utiliza durante o ano: o calendário apertado.

A campanha do Vasco nesse Brasileiro começou com uma goleada sofrida em Curitiba para o Athletico por 4 a 1. Na segunda rodada, a equipe foi derrotada dentro de São Januário por 2 a 1 para o Atlético Mineiro. Na sequência, o primeiro ponto conquistado no empate contra o Corinthians na Arena da Amazônia. Depois, na quarta rodada, uma difícil derrota para o Santos, fora de casa, por 3 a 0. E por fim, o empate melancólico contra o Avaí na última rodada, quando o Vasco ganhava até os acréscimos do segundo tempo, mas levou o empate.

A equipe cruzmaltina se prepara para enfrentar o Fortaleza, fora de casa, na próxima rodada do Brasileiro, no domingo (26), às 19h. O técnico Vanderlei Luxemburgo ainda não definiu a equipe que vai a campo, mas só tem uma certeza. É preciso vencer para voltar a respirar na competição.

Ivaldo Lobato

Sou estudante de jornalismo e comecei minha trajetória no radiojornalismo em 2017, quando fui repórter da rádio Top Rio Fm e da webrádio Rede Show de Bola, onde eu acompanhava o dia a dia dos quatro grandes do Rio e fazia a cobertura das partidas. Hoje em dia, sou estagiário na assessoria de imprensa do TCE-RJ e dedico o tempo livre que tenho ao que mais gosto: futebol.

Escreva um comentário...