Abel Braga pede demissão e não comanda mais o Flamengo

Foto: Felipe Duest

O técnico Abel Braga pediu demissão e não defende mais as cores do Flamengo. O treinador comunicou sua decisão à diretoria e aos jogadores nesta quarta (29) no Ninho do Urubu.

A pressão da torcida ficou nítida após a reclamação da falta de consistência no jogo contra o Athletico ter repercutido mais do que a própria virada em si.

Já o ruído interno não é novidade. Mas a atitude de confirmar o time reserva na próxima rodada contra o Fortaleza irritou a cúpula do futebol rubro negro. Os cartolas exigiram que o time que vai a campo deve ser o titular.

O treinador encerra sua segunda passagem pelo clube com aproveitamento de 67,7% dos pontos disputados. Alto rendimento que não foi o suficiente para dar sequência ao trabalho devido o time não ter uma característica de jogo definida após cinco meses de trabalho. Com Abel no comando, a equipe acumulou 19 vitórias, oito empates e cinco derrotas, com 59 gols marcados e 29 sofridos.

Na temporada, o rubro negro levantou os canecos da Florida Cup, Taça Rio e Carioca. O clube também está nas oitavas de final da Libertadores, após se classificar em primeiro lugar no grupo, e está na mesma fase da Copa do Brasil, com uma pequena vantagem adquirida fora de casa contra o Corinthians. No campeonato nacional, o clube ocupa a sexta posição na tabela com dez pontos dos 18 disputados.

A permanência de Abel Braga à frente do Flamengo começou a ser questionada a partir da coletiva de imprensa após a derrota para o Internacional no Beira Rio. Na ocasião, o treinador elogiou as instalações do estádio e o clube gaúcho, o que não foi bem visto na Gávea.

Na derrota seguinte, dessa vez para o Atlético-MG, Abel declarou que perder fora de casa para o adversário era normal. Outra vez, a moral do comandante não gozava de prestígio.

Agora, o Flamengo procura outro técnico para continuar a missão de conquistar títulos de expressão. O português Jorge Jesus, que está sem clube, é especulado, como afirma o site “Globoesporte.com”. Outro nome é o do argentino Marcelo Gallardo. A chegada do atual campeão da Libertadores com o River Plate é especulado pela rádio argentina “Miltre AM 790”.

Enquanto não há uma confirmação, dentro da própria comissão técnica do Flamengo, a sucessão na hierarquia leva Marcelo Salles ao comando. O auxiliar permanente já comandou o treino desta tarde no Ninho do Urubu.

Ivaldo Lobato

Sou estudante de jornalismo e comecei minha trajetória no radiojornalismo em 2017, quando fui repórter da rádio Top Rio Fm e da webrádio Rede Show de Bola, onde eu acompanhava o dia a dia dos quatro grandes do Rio e fazia a cobertura das partidas. Hoje em dia, sou estagiário na assessoria de imprensa do TCE-RJ e dedico o tempo livre que tenho ao que mais gosto: futebol.

Escreva um comentário...