Flamengo vence com gol no fim e carimba classificação

Foto: Twitter do Flamengo

Nessa noite de terça-feira, 60 mil pessoas lotaram o Maracanã, e sem duvidas não se decepcionaram com o que foi apresentado. O Flamengo se fez presente e mandou o Corinthians de volta para São Paulo eliminado com gol de um ex-são paulino.

O jogo começou morno no Rio de Janeiro. Como era esperado, o Flamengo tentou pressionar a equipe adversária no início do jogo. A equipe paulista mais uma vez mostrou organização na marcação e, aos poucos, foi dificultando a troca de passes dos cariocas. Ambas as equipes erravam muito na saída de bola, como fez o zagueiro Manoel, que errou o domínio da bola e Gabigol recuperou mas não conseguiu finalizar. No lado rubro-negro, Léo Duarte se complicou e Clayson teve a primeira grande chance desperdiçada do jogo aos 15 minutos.

O Corinthians foi subindo a marcação aos poucos, e dificultou a troca de passes rápidos do Flamengo. A equipe paulista apostou em chutes de fora da área como o de Júnior Urso aos 24 minutos e Sornoza que tentou enganar Diego Alves em cobrança de falta, e em bolas alçadas para área principalmente em faltas laterais. Aos 33 minutos, o paraguaio Piris da Motta desviou uma bola para trás de cabeça, e obrigou o arqueiro rubro-negro a fazer grande defesa.

Aos 35 minutos após cruzamento de Sornoza, a zaga carioca afastou e Ralf pegou um chute lindo de primeira e carimbou o travessão dos donos da casa. O Flamengo começou a responder os ataques, e em bola enfiada por Arão para Gabriel, foi a vez do goleiro corinthiano salvar o seu time. E aos 43 minutos Diego colocou a bola na cabeça de Éverton Ribeiro, o meia ganhou de Clayson no alto e obrigou Cássio a trabalhar de novo.

Foto: Twitter do Flamengo

O segundo tempo começou com o Corinthians pressionando a equipe carioca. Aos nove minutos, Vagner Love obrigou Diego Alves a fazer mais uma defesa milagrosa. Aos 14 minutos foi a vez de Bruno Henrique carimbar a trave de Cássio após cobrança de escanteio. O jogo perdeu intensidade e Fábio Carille resolveu mexer, chamou o atacante Gustagol e tirou o meia Sornoza. Marcelo Salles respondeu com Vitinho no lugar de Bruno Henrique.

Aos 30 minutos, Rodrigo Caio fez o gol, mas o árbitro viu falta do zagueiro em Vagner Love e anulou o lance, frustrando a torcida rubro-negra. Então o Corinthians foi para o tudo ou nada. Boselli entrou no lugar do volante Júnior Urso. Michael aos 34 minutos assustou com um chute de fora da área. Porém foi aos 40 minutos que Rodrigo Caio novamente estufou as redes após levantamento de Éverton Ribeiro, porém o assistente marcou impedimento. O VAR entrou em ação, e foi quando a frustração flamenguista se tornou em euforia. Gol validado.

Na saída da bola, Boselli do meio de campo acertou o travessão, e logo depois Jadson acertou a trave, mas a noite no Maracanã era flamenguista e nem toda fiel Corinthiana poderia mudar isso.

Panorama

Após a classificação, o Flamengo espera o sorteio para conhecer o rival da próxima fase da Copa do Brasil. O time carioca volta a campo no domingo (9) pelo Brasileirão e terá pela frente o seu rival Fluminense.

O Corinthians jogará no sábado (8) também pelo Brasileirão e enfrentará o Cruzeiro fora de casa.

Anúncios

Sobre Igor Castilho

Sou mais um amante de futebol e estudante de jornalismo que busca seu lugar, trazendo com seriedade as informações. Escrevo para a página "Por Dentro do Gol".

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s