Allan esquece a eliminação da Copa do Brasil e mira a partida contra o Flamengo: “Vai ser um clássico bem jogado”

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Jogador destaca a necessidade de engatar uma sequência de vitórias no Brasileirão

Depois da eliminação na última quarta-feira (05) para o Cruzeiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Fluminense vai enfrentar o Flamengo no próximo domingo (09), às 19:00, no Maracanã, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O volante Allan, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (07), no CT Pedro Antônio, destacou a chateação da equipe quanto à eliminação no último jogo, principalmente pela entrega do time em campo, mas ressaltou a necessidade de mudar o foco para o clássico, o qual em sua perspectiva, vai ser uma partida bastante movimentada.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

“Vai ser um clássico bonito, de futebol bem jogado. Não vamos mudar muito a forma de jogar, só ajeitar algumas coisas. A estrutura não muda, mas precisamos entrar ligados. Eles têm um time muito bom na frente. Qualquer erro pode comprometer”.

A equipe tricolor vai para o duelo pressionada. O Flu, no momento, ocupa a 16ª colocação do Brasileirão, beirando a zona de rebaixamento. O camisa 29, apesar da posição do clube, exaltou o trabalho do técnico Fernando Diniz, mas criticou a oscilação da equipe, o que prejudica uma sequência de vitórias.

Para o clássico, o Fluminense terá desfalques por convocação, caso do atacante Pedro, por suspensão, já que o zagueiro Nino levou o terceiro amarelo na última partida do Brasileirão, contra o Athletico-PR, e por lesão, situação do zagueiro Matheus Ferraz e Yony González. O volante lamentou as perdas, mas ressaltou o empenho do elenco, independentemente de quem vai jogar.

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

“Vai entrar um time com muita vontade de vencer, independentemente de quem seja. O departamento médico está tentando fortalecer os que estão lesionados, são jogadores importantes, que vêm de uma sequência boa. Mas quem entrar vai dar conta do recado”.

Confira mais respostas:

Salários atrasados:

“Insatisfação todos têm, porque temos contas e família. Mais de três meses atrasado. Mas não é o motivo das derrotas. Temos que fortalecer ainda mais o grupo. Não tem outra maneira de sair desse momento. Se isso virar mais uma pedra no caminho, só vai piorar as coisas. Temos que trabalhar para voltar a vencer”.

Retorno à Europa:

“Tenho o sonho de jogar no Liverpool, foi o clube que abriu as portas para mim no futebol profissional. Tenho esse sonho, mas preciso viver na realidade. Ainda não estou no nível e nem na experiência dos que estão lá. Aqui, estou bem e gosto de todos do clube. Não pretendo voltar para o Liverpool no momento. Quero que dê tudo certo na renovação”.

Elogios da torcida:

“Procuro evitar olhar redes sociais, essas coisas. No momento bom virão os elogios. Nos momentos ruins, as críticas. Já passei por isso no próprio Fluminense. Prefiro evitar para não me iludir. Faltam muitos jogos na temporada, não estamos nem na metade do ano”.

Anúncios

Sobre Gustavo Guerra

Estudante de jornalismo - PUC RIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s