Seleção Carioca da rodada 10

Chegou ao fim a décima rodada do Campeonato Brasileiro e com ela está formada a Seleção Carioca. Os times do Rio tiveram um desempenho mediano. Apenas uma vitória, dois empates e uma derrota. O Vasco foi a campo primeiro e foi derrotado pelo Grêmio por 2 a 1. Já o Flamengo goleou o Goiás por 6 a 1, enquanto o Botafogo e Fluminense empataram. O alvinegro não saiu do zero contra o Cruzeiro e o tricolor ficou no 1 a 1 diante do Ceará.

O Por Dentro do Gol elegeu as melhores atuações dos times cariocas e formou a Seleção Carioca da Rodada 10. Confira o destaque de cada jogador:

Gatito – Botafogo

Titular da posição, o goleiro voltou da seleção paraguaia e retomou a posição na volta do Campeonato Brasileiro. Fez uma partida segura, sem sustos, além de ter sido o único que defende um time carioca que não sofreu gols. Entrou na seleção carioca da rodada por falta de brilhantismo na posição dos seus concorrentes.

Yago Pikachu – Vasco

Com boa presença ofensiva mais uma vez, o lateral-direito marcou o gol de pênalti que abriu o placar na Arena do Grêmio. Ainda fez um bonito gol que deixaria o placar ainda mais confortável para o Vasco, mas o lance foi anulado pelo VAR.

Léo Duarte – Flamengo

A defesa do Flamengo foi sólida na maior parte do jogo e o zagueiro ajudou bastante nesse quesito. Visto que o único gol sofrido pelo rubro-negro foi em cima de uma falha de seu companheiro de zaga, Léo Duarte conseguiu anular as poucas tentativas de ataque do esmeraldino.

Joel Carli – Botafogo

Em partida ruim, Cruzeiro e Botafogo não saíram do zero a zero. O zagueiro e capitão alvinegro ajudou a segurar o ímpeto cruzeirense no ataque. Joel Carli foi bem quando foi exigido e não comprometeu.

Trauco – Flamengo

O Goiás não exigiu muito do sistema defensivo do Flamengo, talvez tenha sido por isso que o técnico Jorge Jesus tenha optado pela titularidade de Trauco. O peruano foi bem nas infiltrações ofensivas e até deu uma assistência para o gol de Bruno Henrique.

Raul – Vasco

O sistema de jogo do técnico Vanderlei Luxemburgo leva três homens de marcação. Raul, que atua mais pelo lado direito do campo, foi o que mais se destacou nos embates com os jogadores do Grêmio e até apareceu no campo de ataque como elemento surpresa. Mesmo com boa atuação, não conseguiu impedir a derrota cruzmaltina.

Alex Santana – Botafogo

O Botafogo tem a posse da bola na maior parte do jogo. Com isso, Alex Santana vira peça importante no meio-campo alvinegro. No jogo contra o Cruzeiro, ele começou apagado, mas, principalmente, no segundo tempo mostrou sua importância e criou oportunidades.

Arrascaeta – Flamengo

Fez a sua melhor atuação com a camisa do Flamengo e a melhor atuação individual da rodada. A goleada rubro-negra teve a sua cara com três gols e duas assistências, sem contar a participação direta no gol de Bruno Henrique. O uruguaio parece ser o mais beneficiado pelo esquema de jogo implantado por Jorge Jesus.

Bruno Henrique – Flamengo

No esquema de Jesus que presa por dois atacantes, Bruno Henrique fez valer suas características em prol do time: velocidade, drible e finalização. Marcou um gol de centroavante em um momento do jogo que se mostrava crítico para o Flamengo.

Pedro – Fluminense

Depois de um período de recuperação de lesão, convocação para Seleção Olímpica e parada para Copa América, finalmente Pedro voltou a atuar com a camisa tricolor. A partida também marcou o encontro com a torcida depois da polêmica envolvendo a proposta do Flamengo para contratar o atacante. O jovem pareceu ter tirado de letra e balançou as redes adversárias, mostrando que é o camisa 9 que os tricolores esperam.

Gabigol – Flamengo

Coadjuvante de luxo. Ninguém imaginaria que mesmo com dois gols e duas assistências ele não seria o craque do jogo, mas o atacante não deve estar triste com a atuação do companheiro que ofuscou seu brilho. O jogador agora tem 17 gols no ano com a camisa rubro-negra e tem sido importante em todos os quesitos do ataque flamenguista.

Jorge Jesus – Flamengo

Futebol total. Parece ser o lema de Jorge Jesus, que coloca seu time sem medo em campo, sempre buscando o ataque e trabalhando no limite da defesa. Neste domingo deu certo no Maracanã e arrancou a maior goleada do campeonato até aqui.

Grêmio 2 x 1 Vasco – 13/07/2019, Arena do Grêmio

Flamengo 6 X 1 Goiás – 14/07/2019, Maracanã

Cruzeiro 0 x 0 Botafogo – 14/07/2019, Mineirão

Fluminense 1 x 1 Ceará – 15/07/2019, Maracanã

Ivaldo Lobato

Sou estudante de jornalismo e comecei minha trajetória no radiojornalismo em 2017, quando fui repórter da rádio Top Rio Fm e da webrádio Rede Show de Bola, onde eu acompanhava o dia a dia dos quatro grandes do Rio e fazia a cobertura das partidas. Hoje em dia, sou estagiário na assessoria de imprensa do TCE-RJ e dedico o tempo livre que tenho ao que mais gosto: futebol.

Escreva um comentário...

%d blogueiros gostam disto: