Flamengo empata no tempo normal, mas perde nos pênaltis para o Athletico-PR

Foto: (Foto: Felipe Duest/ NB Photopress)

Flamengo empata por 1 a 1 no tempo normal em jogo difícil contra o Athletico-PR, mas perdeu nos pênaltis para o Furacão diante de mais de 60 mil torcedores rubro-negros no Maracanã, nesta quarta-feira. Com a vitória, o Athletico se classificou para a semifinal da Copa do Brasil, e enfrentará o Grêmio.

Primeiro tempo

O jogo começou quente, o Flamengo impôs grande intensidade e quase marcou de cabeça com Arrascaeta aos sete minutos da primeira etapa. Este foi o único lance de perigo que o meio-campo uruguaio pôde proporcionar, visto que o atleta sentiu a coxa esquerda, antes mesmo do cronômetro marcar 15 minutos. O jogador deu lugar para Vitinho.

O Flamengo dominou os 30 primeiros minutos iniciais, muitas vezes pressionou a saída de jogo do Furacão, e em uma dessas pressões, quase marcou com Lincoln, que aproveitou que o goleiro Santos saiu jogando mal, mas finalizou em cima do arqueiro adversário.

Linconl desperdiça chance
Lincoln desperdiça chance (Foto: Felipe Duest/ NB Photopress)

Com a partida desta vez equilibrada, o Athletico começou a impor o seu jogo e explorou os contra-ataques. Renê foi obrigado a parar com falta o lateral Marcio Azevedo, que vinha ligando a bola da defesa para o ataque com muita velocidade.  A partir dos 40 minutos, o jogo começou a ter muitas paralizações, o juiz interrompeu diversas vezes a partida o que prejudicou o ritmo de jogo.

O Flamengo terminou a primeira etapa com 60% da posse de bola e com três chutes ao gol contra nenhum do Furacão.

Segundo tempo

Diferentemente da primeira etapa, a partida não começou com a mesma intensidade. O Flamengo tinha uma certa superioridade, pois mantinha mais a posse de bola. Essa posse, fez com que a bola chegasse a Vitinho na esquerda, que tirou Jonathan da jogada com um belíssimo drible, cruzou a bola na cabeça de Everton Ribeiro, que ajeitou para Gabigol chegar chutando de primeira para o fundo do gol aos 28 minutos.

Gabigol abre o placar no Maracanã
Gabigol abre o placar no Maracanã (Foto: Felipe Duest/ NB Photopress)

Com o gol, a equipe carioca não se recuou. Jorge Jesus pedia para o time adiantar a marcação, visto que o Atheltico sairia para o jogo em busca do empate. Não demorou muito para o Athletico igualar a partida, Rony recebeu de Nazário belo passe enfiado pela esquerda, que deixou o camisa 7 do Furacão livre para tirar do goleiro e empatar aos 32 minutos.

O jogo ficou morno e as duas equipes não se expondo muito, desta forma, o juiz deu fim aos 90 minutos de partida. Com o resultado, o jogo foi aos pênaltis, já que no jogo de ida a partida também foi 1 a 1.

Pênaltis (Flamengo 1 – 3 Athletico-PR)

Diego errou o primeiro pênalti cobrado pelo Flamengo, o meio-campo cobrou no meio e o goleiro Santos pegou facilmente. Jonathan foi o jogador em sequência para o Furacão, apesar de Diego Alves ter encostado, a bola entrou. Vitinho também desperdiçou sua cobrança, o atacante chutou para fora. Lucho acertou a segunda cobrança do Furacão, deixando a vantagem de 2 a 0. Cuellar acertou sua cobrança e diminuiu a diferença.

A esperança rubro-negra carioca aumentou quando Diego Alves defendeu a terceira cobrança do Furacão feita por Nazário. Mas a alegria não demorou muito, o torcedores do Flamengo viram Éverton Ribeiro errar sua quarta cobrança e Bruno Guimarães, do Athletico-PR converter a sua e sair com a classificação.

O Athletico-PR enfrentará o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil. O Flamengo entrará em campo no domingo contra o Corinthians na Arena do Corinthians.

 

Vasco x Flamengo será disputado em Brasília

João Vitor Campos

Sou estudante de jornalismo e faço estágio na Universidade Candido Mendes. Sou fundador do Por Dentro do Gol, colaborador do site Torcedores.com e já tive uma passagem na Web Rádio Top Sports.

Escreva um comentário...